Rua Miguel Poholink, 114 - Hauer - Curitiba
Segunda à sexta das 8h às 18h
(41) 3276.4312 Whats (41) 99859.0419

Idosos que passeiam com cães correm risco de fratura

Idosos que passeiam com cães correm risco de fratura. Não, não é culpa dos bichinhos, mas sim de momentos de descuido que podem gerar quedas. O número de pessoas idosas fazendo caminhada com seus pets mostra que muitas pessoas estão deixando o sedentarismo e que os animaizinhos estão fazendo parte das famílias, porém sair para caminhar pode ser uma atividade que requer certos cuidados.

Basta ver os números de uma pesquisa publicada da JAMA Surgery, da Penn Medicine, escola de medicina da Universidade da Pennsylvania. Analisando dados entre 2004 e 2017 de fraturas relacionadas entre pessoas com mais de 65 anos que levam seus cãezinhos para passear, o número de fraturas mais que dobrou entre pessoas acima de 65 anos.  Nos mais de 30 mil casos da pesquisa, 78% destas fraturas foram em mulheres.

Encontre especialistas em ortopedia em Curitiba

Quando envelhecemos, perdemos muita da agilidade, da força e da velocidade da nossa juventude nossa robustez e alguns cuidados devem ser observados para não nos arriscarmos. Por isso, um cachorro pode dar um pique e levar o seu tutor, que está segurando a coleira, para o chão e outros obstáculos – isso sem contar o risco do cachorrinho ser atropelado ou levar o idoso para a frente de algum veículo em movimento.

E as fraturas em idosos são mais complicadas para arrumar. Lembrando que, nesta pesquisa,  50% destas fraturas foram em extremidades superiores (dedos, braço, pulso e ombro) e 17% das fraturas foram exatamente no quadril. O aumento é gritante: de 1.671 casos em 2004 para 4.396 em 2017.

>>> O que fazer quando um osso quebrar? Nós te contamos <<<

Para evitar fraturas nas caminhadas, vale algumas dicas para que o passeio dos cãezinhos não se transforme em uma internação!
– Tente adestrar o caõzinho. Se ele obedecer comandos, as chances de tentativa de fuga – e acidentes – diminuem.
– Use um calçado confortável que te mantenha equilibrado
– Evite passar onde há obstáculos, como calçadas irregulares e buracos.
– Atravesse a rua apenas quando tiver certeza de que não á um tráfego de carros intenso.
– Opte por guias curtas para que os cães não se enrolem em suas pernas

>>> Clinica de Fraturas Hauer está preparada para atender ocorrências de fraturas decorrentes de passeios com cachorros! <<<  

Comentários Facebook

Formulário de Contato

Rua Miguel Poholink, 114 - Hauer - Curitiba

Segunda à sexta das 8h às 18h