Rua Miguel Poholink, 114 - Hauer - Curitiba
Segunda à sexta das 8h às 18h
(41) 3276.4312 Whats (41) 99859.0419

O que é ortopedia e do que ela trata?

Alguma vez, você já precisou se consultar com um médico ortopedista? Essa é uma das especialidades possíveis para quem se forma em medicina e caracteriza-se por tratar todas as partes do corpo. Isso acontece porque o médico ortopedista é o responsável por cuidar de lesões e problemas que acometem nosso sistema locomotor.

O QUE É A ORTOPEDIA?
A ortopedia é uma especialidade médica cujo profissional que nela atua é responsável por diagnosticar, tratar e acompanhar lesões que acometem o sistema locomotor do ser humano.

Ou seja, são as doenças e os traumas que afetam músculos, articulações, ossos e ligamentos. Sendo assim, é uma especialidade que engloba todo o corpo, já que esses tecidos e estruturas o compõem por completo.

Para atuar no ramo da ortopedia, a pessoa precisa se formar em medicina e, em seguida, fazer uma especialização na área. O curso dura de 2 a 3 anos — tempo que varia segundo a instituição de ensino escolhida pelo profissional.

O QUE O MÉDICO ORTOPEDISTA FAZ?
Assim como os demais médicos, o ortopedista realiza diversas funções, visando diagnosticar, tratar e acompanhar os pacientes que apresentam problemas nas estruturas citadas.

Ele tem preparo e conhecimento para realizar desde procedimentos mais simples até cirurgias — nesse caso, desde que tenha a formação como cirurgião ortopedista. Abaixo, veja o que todo médico ortopedista está apto para fazer.

REALIZA CONSULTAS
O médico ortopedista pode atender os pacientes em seu consultório, numa clínica de ortopedia ou de especialidades ou em um hospital. Ele analisa a queixa dos seus pacientes, bem como seus sintomas, para identificar possíveis problemas, lesões ou traumas que a pessoa possa ter sofrido.

SOLICITA EXAMES
Os exames são essenciais para que o médico ortopedista possa avaliar de forma mais aprofundada o quadro clínico do paciente. Por isso, ele também está apto a fazer a solicitação desses procedimentos de acordo com suas suspeitas ou conforme cada caso necessitar.

FORNECE DIAGNÓSTICOS
Alguns problemas ortopédicos podem ser diagnosticados pelo médico ortopedista já na primeira visita do paciente ao seu consultório. Com outros, pode ser necessário fazer a leitura dos exames para obter um diagnóstico mais preciso ou tirar dúvidas. Vale ressaltar que esse médico pode analisar exames e emitir laudos.

PRESCREVE MEDICAMENTOS
Também é uma das funções do médico ortopedista receitar medicamentos. Eles podem ser tanto aqueles para uso tópico, visando o alívio de alguns sintomas, como também os que têm uma abordagem mais completa, como os anti-inflamatórios. Sua prescrição dependerá de cada caso e da necessidade de cada paciente.

INDICA TRATAMENTOS
O uso de medicamentos é apenas uma das opções de terapia para as lesões tratadas pela ortopedia. O especialista também pode recomendar que seu paciente se submeta a outros procedimentos, conforme o quadro apresentado.

É muito comum que pacientes atendidos por um ortopedista também precisem realizar:

fisioterapia;

exercícios físicos;

atividades físicas direcionadas e específicas.

O ortopedista é capacitado para aconselhar o paciente sobre as tarefas ou atividades que ele pode ou não desempenhar. Por isso, pessoas que têm problemas de coluna ou limitações nas articulações e em certas partes do corpo precisam da liberação desse médico para praticar esportes, frequentar academias ou outras ações que exijam esforço físico.

FAZ ACOMPANHAMENTO
Pacientes que se consultam com o médico ortopedista nem sempre têm algum problema que precisa de tratamento. Há casos em que existe apenas a necessidade de acompanhar o quadro clínico para assegurar a saúde e a qualidade de vida da pessoa.

Por isso, esse especialista também faz o acompanhamento de indivíduos que têm alguma propensão para desenvolver problemas ortopédicos. Cabe ainda a esse profissional acompanhar os pacientes que estão em condições que exigem cuidados crônicos, como aqueles que apresentam quadro de artrose, de artrite, de reumatismo, entre outros.

QUANDO É NECESSÁRIO PROCURAR UM ORTOPEDISTA?
Note que é muito comum nos acostumarmos com as dores que se manifestam em nosso corpo. As dores nas costas são um bom exemplo disso, e nem sempre damos atenção para esse sintoma, já que ele se torna tão rotineiro.

Porém, é importante saber que sentir dor não é normal, afinal, ela é uma resposta do nosso organismo para alguma agressão que ele sofreu. Quando fazemos um esforço excessivo, por exemplo, acabamos sentindo dores porque exigimos demais do nosso corpo.

Powered by Rock Convert
Da mesma maneira que procuramos um médico quando não estamos nos sentindo muito bem — seja por causa de febre, de desconfortos gástricos, de tonturas ou, até mesmo, de manchas e feridas na pele —, também devemos buscar um ortopedista quando as dores são nos ossos, nos músculos ou nas articulações.

Essas sensações incômodas e dolorosas podem ser sinais de que uma doença ortopédica está se manifestando ou já se instalou. Por isso, você deve procurar um médico ortopedista caso esteja sentindo:

dores constantes nas costas;

cansaço excessivo;

formigamentos;

rigidez matinal;

calor nas articulações.

Também é relevante estar atento aos inchaços que possam surgir nas articulações, bem como observar sua própria estrutura corporal, a fim de identificar desigualdades e alterações na cintura, nos membros ou em outras partes do corpo.

Esse profissional também deve ser consultado caso você tenha sofrido alguma lesão ou esteja sentindo dores depois de ter realizado algum esforço físico ou sofrido um trauma, como uma pancada.

Isso porque nem sempre o problema se manifesta de forma superficial. Como a ortopedia trata das partes do corpo que estão mais ocultas, pode ser difícil, a olho nu, identificar que existe algum problema.

Então, aquela dorzinha chata depois do futebol ou que apareceu após carregar uma caixa muito pesada pode não ser somente uma besteira, mas sim indicar algum problema mais grave ou que exija atenção.

Além disso, é interessante consultar um médico ortopedista quando existem casos de problemas ortopédicos na família. Dessa maneira, ele poderá solicitar exames, avaliar suas condições clínicas e acompanhar sua saúde, a fim de identificar problemas ou doenças ainda no começo.

Portanto, esse profissional deve ser consultado sempre que você sentir incômodos, apresentar limitações em seus movimentos, sofrer algum acidente, trauma ou ainda se houver uma propensão para desenvolver doenças ortopédicas.

O médico ortopedista é um profissional muito importante, e você também precisa contar com um de sua confiança. Não ignore nem negligencie os sinais que o seu corpo emite. Procure pela ajuda desse especialista para que pequenos problemas não se tornem grandes complicações.

Este conteúdo foi útil para você? Aproveite que está por aqui e compartilhe-o nas suas redes sociais, para que seus amigos também entendam mais sobre a importância de consultar um ortopedista!

Fonte: Meu Pé de Conforto

Comentários Facebook

Formulário de Contato

Rua Miguel Poholink, 114 - Hauer - Curitiba

Segunda à sexta das 8h às 18h